Terça-feira, 16 de Janeiro de 2007

amar

 

Amar é uma ocasião sublime, onde se perde de si o fio da razão e permanece a tênue claridade da contemplação do prazer.
Quando sentires a minha falta olhe para o céu a estrela mais brilhante, lá estarei eu apenas para te dizer boa noite, e se no futuro eu não for teu presente lembre-te que fui parte do teu passado!
sinto-me miúda:

coisa da de mim... às 13:39
link do post | deixe algo seu | favorito
|
2 comentários:
De sopasopasopa a 16 de Janeiro de 2007 às 14:06
Gostei muito deste teu espaço, cheio de sentimento!
Parabéns um abraço


De Mike a 16 de Janeiro de 2007 às 17:41
Não é fácil...amar assim.
Perguntas se sinto a tua falta?
Sim...como poderia não a sentir?
Mas...todos nós fazemos opções...seguimos rumos diferentes...traçamos novos destinos.
E quando seguimos noutras direcções...fica alguma coisa do passado?
Claro que sim...
Marcaste-me de forma indelével...com o teu jeito, com a tua forma de ser, que o tempo ou mesmo a indiferença jamais poderá algum dia... apagar.
A tua marca poder-se-á esbater...mas nunca será eliminada do meu ser.


deixe aqui algo

.pesquisar

 

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.recentes

. ...

. falta-me forças....

. FORÇA MANO....

. Mais uma luta.....

. De si....para mim.....

. ...

. ...

. ...

. e será sempre assim.....

. ...

.antigos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.subscrever feeds